Quilombola

Quilombolas do Erepecuru realizam validação do seu Plano de Gestão em Oriximiná.

Whatsapp

Com prazo de dez anos e revisão a cada dois anos, os moradores das comunidades quilombolas de Jarauacá, Varre vento, Acapu, Poço Fundo, Monte dos Oliveiras, Boa Vista Cuminã, Santa Rita, Jauary, Araçá, Espirito Santo, São Joaquim e Pancada, no território quilombola de Erepecuru estiveram reunidos em Assembleia realizando a validação do seu Plano de Vida e início do processo de implementação do Fundo Quilombola.  A construção do Plano de Vida e implementação do Fundo Quilombola fazem parte das ações do Programa Territórios Sustentáveis no eixo Quilombola, desenvolvido pela Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) em parceria com a Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Município de Oriximiná (Arqmo) junto às associações dos territórios quilombolas de Oriximiná.

Em Boa Vista Cuminã a construção do Plano de Vida e implementação do Fundo quilombola conta com a parceria da Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos Área Erepecuru (Acorqe) que junto às coordenações das comunidades buscaram pensar no bem-estar dos mais de 1.000 moradores do território. “Nós pensamos nas melhorias e sustentabilidade dos nossos comunitários que muitas vezes não tem apoio e com o plano de vida todos os moradores do Erepecuru serão beneficiados”, enfatizou Ricardo Almeida coordenador administrativo da Acorqe que desde 2017 acompanha o processo de elaboração do Plano de Vida Quilombola no território.

A assembleia validou temas voltados a Cultura, Educação, Fortalecimento Institucional, Geração de Renda, Habitação, Meio Ambiente e Saúde e ainda realizou a eleição do Conselho Gestor do Fundo Quilombola, com votação direta do coordenador, Marlane Guedes da Cruz; secretário, Jan Carlos Pinheiro da Silva (titular) e Rafaela Cardoso Almeida (suplente), conselho deliberativo, Genina Guedes do Nascimento, Abel Oliveira da Silva e Josiane dos Santos Guedes.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa de gestão integrada na Amazônia realizada pela Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte (MRN) e Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis acesse nosso site www.territoriossustentaveis.org.br ou nossas redes sociais no Facebook, Instagram e Canal no YouTube.

Por: Martha Costa – Assessora de Comunicação da Ecam.