Quilombola

Pontos de Internet promovem mais que a inclusão digital nas comunidades quilombolas de Oriximiná

Whatsapp

Desde o início do mês de outubro uma equipe técnica contratada pelo Programa Territórios Sustentáveis iniciou o serviço de manutenção preventiva nos oito pontos de internet instalados nas comunidades de Boa Vista em Porto Trombetas, Curuça-Mirim, Abuí, Cachoeira Porteira, Água Fria, Ariramba, Jauari, Jarauacá. O serviço de inclusão de digital surgiu a partir de um diálogo entre o eixo Quilombola, do Programa Territórios Sustentáveis, e as Associações de Remanescentes de Quilombos de Oriximiná e tem por objetivo melhorar a comunicação, apoiar ações de educação e saúde, bem como fortalecer a organização social das associações no que tange as questões administrativas.

O trabalho de manutenção nos pontos de inclusão digital iniciou na Comunidade de Boa Vista, em Porto Trombetas, onde a Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos de Boa Vista (ACRQBV) já havia desativado o sinal de internet. “O serviço iniciado na comunidade foi acordado que seria provisório até a construção de uma base fixa, mas devido a um forte temporal a antena foi desativada por sair da posição e nós levamos um técnico para fazer o apontamento do sinal e construção da nova base para a implantação da antena que agora está funcionando normalmente”, declarou Beto Lages, Programa Territórios Sustentáveis. 

Nas demais comunidades o serviço foi de manutenção preventiva, sendo que na comunidade do Ariramba houve a necessidade de realinhar o sinal da internet. “Nós estivemos aproximadamente uma semana em campo realizando a manutenção dos pontos digitais e na comunidade do Ariramba foi necessário fazer o apontamento do sinal da antena já que lá houve um incidente com o gado e acabou por cortar conexão com a internet. Hoje o sinal foi restabelecido em todas as comunidades e a proposta é que no futuro possamos ampliar os pontos de inclusão digital”, enfatizou Lages.

Antes da instalação dos pontos digitais algumas comunidades ficavam isoladas no que se refere a comunicação imediata, hoje graças ao apoio do Programa Territórios Sustentáveis as comunidades conseguem comunicação instantânea, por meio de internet via satélite.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa da Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia, Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia, que atua com os eixos Gestão Pública, Capital Social, Desenvolvimento Econômico, Gestão Ambiental e Quilombolas e nessa atividade conta com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte.

Quer saber mais sobre o Programa baixe nosso aplicativo http://applink.com.br/app.pts disponível também no Google play

Por: Martha Costa