Quilombola

Em assembleia, quilombolas elegem nova Diretoria da Arqmo.

Whatsapp

Representar e organizar a luta das 37 comunidades remanescentes de quilombos, este é o papel principal da Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Município de Oriximiná (Arqmo), na região da Calha Norte do Pará, fundada em julho de 1989, que neste fim de semana esteve reunida em assembleia na comunidade de Boa Vista Cuminã, no território do Erepecuru (Acorqe), para escolha dos novos Conselheiros e Coordenadores para composição da associação para o triênio 2019/2021.

A plenária contou com a presença de mais de 150 lideranças comunitárias das associações de Alto Trombetas (Acorqat), Mãe Domingas (Alto trombetas I), Área Trombetas II (ACRQAT), Boa Vista Trombetas (ACRQBV), Água Fria (ACRQAF), Ariramba (Acorqa), Erepecuru (Acorqe), que indicaram o nome dos representantes que farão parte da Diretoria da Arqmo.

“A nova Gestão trabalhará de 2019 a 2021, são três anos que essa diretoria terá para dar continuidade nos projetos, houve uma renovação e isso é muito importante, porque o jovem tem essa visão de mudança de crescimento e isso só vem fortalecer os povos quilombolas”, ressaltou Claudinete Colé, coordenadora administrativa da Arqmo reeleita.

A coordenadora da Arqmo ressaltou que a titulação dos territórios quilombolas permanece como uma prioridade. “Enquanto nossos Territórios todos não estiverem titulados, a titulação vai permanecer sendo nosso objetivo principal, a gente fala que a dor de um é a dor de todos e quando se fala em direito a terra é um sentimento que é de todos nós quilombolas”, enfatizou a coordenadora ao citar os territórios de Alto Trombetas II, Ariramba, e Alto Trombetas I.

Além de Claudinete Colé, como Coordenadora Administrativa, a Arqmo contará com oito coordenadores que atuarão nos seguintes cargos: Finanças, Gerson Oliveira (Acorqe); Secretaria, Rudnei Figueiredo (Acorqat); Projetos, Joel Cruz (Acorqat); Patrimônio, Mariano Oliveira (Acorqa); Mulheres, Gabriela (Acorqe); Jovens, Wenerg Printes (Mãe Domingas); Educação, Manoel Lucivaldo (ACRQAT).

Fazem parte do novo Conselho Diretor da Arqmo: Rogério Pereira (Acorqat); Carlos Printes (Mãe Domingas); Gilson dos Santos (ACRQBV); Valdenilson Cordeiro (ACRQAF), Hernandes Oliveira (Acorqa) e Lurdes Pinheiro (Acorqe).

Por: Martha Costa – Assessora de Comunicação da Ecam.