Institucional

Programa Territórios Sustentáveis abre Termo De Referência para contratação de prestação de serviços

Whatsapp

O Programa Territórios Sustentáveis (PTS) busca profissional, pessoa jurídica, para atuar no Programa Pecuária Sustentável, no município de Oriximiná, Pará. A ênfase é promover apoio técnico em até 15 fazendas de pecuária bovina e implementar melhores práticas de manejo de gado, seguindo o modelo conhecido como “Pecuária Verde”, que ocorreu em Paragominas.

Sobre as condições de contratação

  • Processo seletivo com recebimento de propostas até 15/01/2018.

  • A proposta apresentada deve incluir o currículo do profissional e remuneração desejada.

  • É imprescindível que o proponente seja pessoa jurídica. Não serão aceitas propostas de prestação de serviços de pessoa física.

  • Um contrato pessoa jurídica será firmado para formalizar a prestação de serviço pelo período de 12 meses, podendo ser renovável.

  • A contratação deve acontecer até 01/02/2018.

      

    Sobre a descrição dos serviços e perfil do profissional

     

    Agrônomo ou zootecnista especialista em manejo de pasto

    Principais atividades:

     

    O consultor realizará um trabalho de acompanhamento de até 15 fazendas de pecuária bovina no município de Oriximiná cadastradas no programa. Ele oferecerá orientações técnicas sobre o manejo de pasto, zootecnia e outras ações relacionadas a boas práticas de manejo de gado. As principais atribuições do consultor serão: 

  1. Acompanhar e prestar assistência técnica em manejo de pasto para até 15 propriedades participantes do Programa Pecuária Sustentável dentro do PTS;

  2. Orientar e monitorar coleta de dados zootécnicos primários nas fazendas participantes;

  3. Identificar e propor oportunidades de melhoria do programa e contribuir para a definição de perfis de profissionais especialistas para consultorias específicas;

  4. Orientar trainees;

  5. Promover oficinas de capacitações específicas para o público pecuarista de Oriximiná;

  6. Elaborar relatórios mensais com avanços do programa, incluindo: indicadores de performance,de resultados e de evidências de impacto nas fazendas participantes, com respectivos comentários e eventuais recomendações de ação.

     

     

    Perfil do candidato:

  • Perfil técnico, com formação em agronomia, zootecnia ou áreas afins;

  • Habilidade de trabalhar em campo com pecuaristas e funcionários;

  • Bom conhecimento de manejo de pasto;

  • Boa didática e ensino para pecuaristas e funcionários;

  • Bom relacionamento com diferentes atores;

  • Conhecimento de boas práticas de pecuária (ambiental, social e econômico).

  • Minimamente 5 anos de experiência em trabalhos similares;

  • Proativo, independente; 

  • Disponibilidade de viagem (no mínimo 15 dias em campo por mês em Oriximiná-PA).

Preferencialmente

  • Conhecimento de índice zootécnicos;

  • Morar em Oriximiná ou na região de Santarém ou Belém (Pará);

  • Carteira de habilitação categoria B.

Renumeração: a ser negociado. Contrato será feito por PJ.


Prazos

  • Recebimento de propostas técnica (plano de trabalho + currículo) e financeira até 15/01/2018, através de envio ao e-mail de Juliana Vieira (juliana@ecam.org.br)

     

  • Avaliação das propostas até 19/01/2018

     

  • Elaboração da consultoria de 29/01 a 28/03/2018


    Sobre o Programa Territórios Sustentáveis

Programa desenvolvido através de uma parceria entre a Mineração Rio do Norte (MRN) e três OSCIPs com experiência reconhecida nas áreas de meio ambiente, economia, gestão pública e fortalecimento da sociedade: Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam), Agenda Pública e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon).


O objetivo é criar um modelo de gestão municipal integrada e democrática, fomentando o desenvolvimento territorial de interesse público, inclusivo e sustentável, através do fortalecimento das instituições públicas, da construção de alternativas econômicas e da ampliação da participação social, considerando a preservação das culturas tradicionais e a conservação ambiental.


Principais beneficiados: municípios de Oriximiná, Faro e Terra Santa.


Com 12 milhões de hectares (o equivalente ao território de Portugal), a área de abrangência do programa envolve três municípios e uma população total de 88 mil pessoas, incluindo a população urbana, agricultores, comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas. As principais atividades econômicas desenvolvidas nesse território são a coleta de castanha-do-pará, agricultura de subsistência, pesca, retirada de madeira, mineração e criação de gado bovino. Hoje, a mineração é a atividade que mais gera renda em Oriximiná e Terra Santa e, aos poucos, também estará contribuindo com a renda de Faro.


O programa tem duração prevista de 15 anos e atua em cinco pilares:

  • Gestão Pública: apoiar a gestão pública municipal por meio da criação de arranjos colaborativos que contribuam para a implantação de políticas públicas mais eficientes, aumentando o acesso da população a serviços públicos de qualidade..

     

  • Capital Social: aumentar a capacidade institucional das organizações sociais, estruturando e qualificando sua autonomia administrativa e financeira e sua participação em espaços públicos (como conselhos e conferências), exercendo seus direitos.

     

  • Desenvolvimento Econômico: elaborar e implementar uma estratégia de desenvolvimento econômico de cadeias produtivas atuais (pecuária, agricultura, movelaria, madeira, turismo, castanha, copaíba, entre outros) e potenciais, considerando valores.

     

  • Gestão Ambiental: promover a valorização e a conservação das Áreas Protegidas, a regularização ambiental e fundiária, soluções inovadoras para o saneamento urbano e rural, empreendimentos com licenciamento municipal, bem como a conscientização.

     

  • Quilombola: apoiar a estruturação de mecanismos de governança e representatividade das comunidades quilombolas, através da regularização das associações, elaboração de planos de vida, mecanismo financeiro, fomento a comunicação e novas tecnologias.

     

    Mais informações sobre o PTS em: http://territoriossustentaveis.org.br ou no app http://applink.com.br/app.pts

Sobre o Programa Pecuária Sustentável em Oriximiná


Historicamente, o principal vetor de desmatamento na Amazônia brasileira têm sido a pecuária bovina. Além de gerar destruição de florestas de inestimável biodiversidade, essa atividade econômica provoca: emissões para a atmosfera de altas quantidades de dióxido de carbono (CO2) e metano (CH4), principais gases que provocam as Mudanças Climáticas globais, e ganhos econômicos insuficientes para a região pelo dano ambiental que provoca, tendo em vista a baixíssima produtividade da pecuária amazônica (aproximadamente 1 cabeça de gado por hectare).


E essa realidade não é diferente em Oriximiná, município inserido no Programa Territórios Sustentáveis com maior rebanho (terceiro da Calha Norte paraense): cerca de 140 mil cabeças de gado. Diante desse quadro, o Programa Pecuária Sustentável em Oriximiná surge como modelo de solução ambiental e econômica para a criação de gado bovino local.


Amplamente inspirado no projeto Pecuária Verde de Paragominas (leste do Pará), implantado entre 2011 e 2014 pelo sindicato de produtores rurais local em parceria com ONGs, esse programa visa estabelecer um novo paradigma de produção em fazendas de Oriximiná. Fomentado ao longo de 2017, após visitas em campo e reuniões com pecuaristas do município, o Programa Pecuária Sustentável em Oriximiná possuirá as devidas adaptações para a realidade da produção local, com enfoque no bom manejo de pastagens e formação de assistência técnica capacitada com o objetivo de aumentar tanto a produtividade como a lucratividade das propriedades rurais que participarão dessa iniciativa, sempre considerando as boas práticas ambientais.


Com isso, espera-se que todas as fazendas da região do Programa Territórios Sustentáveis melhorem a gestão ambiental de suas áreas ao longo da próxima década, minimizando a pressão por novos desmatamentos, além de colaborarem para o desenvolvimento econômico local.