Gestão Ambiental

Extrativistas de Faro participam da construção do plano de ação para o manejo de Copaíba

Whatsapp

Construir um plano de ação para o manejo da copaíba dentro da Floresta Estadual de Faro, este foi o objetivo da atividade que reuniu 12 extrativistas no Centro Comunitário de Gestão Integrada da Flota de Faro (CCGI) no início do mês de março e que foi realizado em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio).

Considerada como uma das atividades econômicas dos moradores da Flota de Faro, o manejo da copaíba hoje é realizado seguindo as atividades de inventário, aplicando as boas práticas na retirada do óleo-resina de copaíba. “O manejo de copaíba tem um grande potencial para a conservação da floresta e na geração de renda, a área de uso das comunidades de Português e Monte Sião apresenta grande produção de óleo-resina de copaíba”, ressaltou o gestor ambiental do Programa Territórios Sustentáveis Eli Franco.

Atualmente a produção do óleo-resina de copaíba está cadastrado no Selo Origens Brasil, iniciativa que ajuda a valoriza e identificar a procedência dos produtos da floresta e as empresas que valorizam e respeitam os territórios e a diversidade socioambiental. “Essa é uma atividade que tem um papel estratégico na valorização dos produtos da sócio-biodiversidade extraídos de áreas protegidas, por populações tradicionais e que mantém a floresta em conservada, frisou Eli Franco.

Durante a atividade foi planejada as ações para 2018, do inventario e extração da óleo-resina de copaíba e foram definidos as datas e locais de trabalho, também foi acordo o armazenamento de 20% da produção para serem envasados com o objetivo de divulgação em eventos e para a comercialização junto aos turistas.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa da Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte (MRN) que tem por objetivo contribuir para a consolidação de um desenvolvimento sustentável dentro dos territórios de Faro, Terra Santa e Oriximiná por meio dos eixos, Desenvolvimento Econômico, Gestão Ambiental, Gestão Pública, Capital Social e Quilombolas.

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis acesse nosso site www.territoriossustentaveis.org.br ou baixe nosso aplicativo na loja Google play

Por: Martha Costa