Gestão Ambiental

Comunitários de Oriximiná participam de segunda etapa do curso de agentes ambientais comunitários

Whatsapp

Acordos de pesca, Lei de Crimes Ambientais, mediação de conflitos e poluição dos rios e lagos foram os temas escolhidos pelos alunos para o segundo módulo do curso de Agentes Ambientais Comunitários que é ministrado para integrantes de 17 comunidades do município de Oriximiná, na região da Calha Norte. O objetivo do curso é capacitar os comunitários para que eles possam identificar e buscar soluções para os problemas ambientais de suas comunidades no que se refere aos impactos e danos ambientais causados pelo homem.

O módulo foi realizado pelo Programa Territórios Sustentáveis em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Mineração de Oriximiná, Unidade Integrada de Defesa Ambiental (Unidas) e Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará (Ideflor-Bio/PA) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), com o apoio do Fundo Dema e Fundo Amazônia. 

Participaram da segunda etapa da capacitação em agentes ambientais comunitários moradores de comunidades do entorno da Flona Saracá-Taquera, rio Trombetas e da sede municipal de Oriximiná. “Essa capacitação vem atender as demandas dos próprios comunitários, em relação a conhecimentos como a resolução de conflitos relacionados à questão de pesca predatória e invasão de lagos, e trazer estes temas foi muito oportuno, primeiro, por se tratar da realidade deles e, segundo, porque aprenderam que é possível buscar soluções mais qualificadas e menos conflituosas para os desafios enfrentados diariamente nas comunidades”, Renan Moura.

A atividade faz parte do eixo Gestão Ambiental que atua no apoio direto às Secretarias de Meio Ambiente dos municípios de Faro, Terra Santa e Oriximiná. Além do Curso de agentes ambientais Comunitários ministrado em Oriximiná o programa também está com uma turma na comunidade Quilombola de Ariramba, na divisa com o município de Óbidos e formou a primeira turma de agentes na comunidade do Português e Monte Sião, na Flota de Faro.

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa da Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam), Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) que atua nos eixos Gestão Pública, Capital Social, Desenvolvimento Econômico e Quilombolas e que conta com o apoio financeiro da Mineração Rio do Norte.

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis visite também o nosso site www.territóriossustentaveis.org.br ou baixe o nosso aplicativo pelo link http://applink.com.br/app.pts ou direto no Google play disponível para dispositivos Android e IOS

Por: Martha Costa