Capital Social

Feirantes de Porto Trombetas retornam às Oficinas de Regimento Interno

Whatsapp

Com pouco mais de um mês de realização da I oficina de elaboração do regimento Interno com os feirantes de Porto Trombetas o Programa Territórios Sustentáveis retornou à atividade visando dar apoio ao processo de construção coletiva do regimento interno da Feira de Porto Trombetas, instrumento que permite estabelecer regras, a partir de entendimentos comuns e acordos sobre diversos temas relevantes, como: a qualidade dos produtos e serviços, padronização das barracas (Box), definição de responsabilidades, calendários de oferta de produtos, formas de gestão e administração.

Nesta segunda etapa da capacitação, segundo a coordenadora de campo do eixo Capital Social, Renata Freitas, as ações foram direcionadas ao resgate dos trabalhos realizados na I Oficina de Elaboração do Regimento Interno, estudo das propostas de construção do regimento interno, eleição do conselho administrativo, leitura do termo de concessão de uso do espaço público, carta de compromisso com o Futuro, entrega de certificados aos participantes.

Quem acompanhou todo o processo de construção do Regimento Interno foi o consultor do Territórios Sustentáveis, Rosival Dias,a oficina de organização social e gestão patrimonial teve como um dos objetivos, o fortalecimento e empoderamento dos feirantes e produtores rurais, no processo de gestão do espaço de trabalho que será inaugurado no porto de Porto Trombeta. “Neste primeiro momento Estamos estimulando apenas a criação de uma organização informal Conselho Administrativo, que no futuro poderá se formalizar com criação de uma associação ou cooperativa”.

A Feira de Porto Trombetas tem como objetivo estimular à comercialização a varejo e atacado, promover a inclusão socioeconômica, estimular as práticas de negócios da economia verde e comercio justo, divulgar e fortalecer as práticas da Agricultura Orgânica como tecnologia ambientalmente sustentável e da comercialização justa, promover a relação de comercio direta entre o produtor e o consumidor.

“A oficina também contribui para aproximação dos produtores rurais com a secretaria municipal de agricultura, a qual é responsável pela política pública e pela ordenamento das feiras e mercados.  A participação do técnico Silvio Carlos Farias Picanço - representante da secretaria municipal de agricultura de Oriximiná, possibilitou articulação de aproximação para ações de apoio técnico e fomento para os produtores da agricultura familiar”, finalizou Dias.

O Programa Territórios Sustentáveis atua nos eixos Capital Social, Quilombolas, Gestão Pública, Gestão Ambiental e Desenvolvimento Social nos municípios de Faro, Terra Santa e Oriximiná e conta com a gestão integrada da Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte.

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis visite também o nosso site www.territoriossustentaveis.org.br ou baixe o nosso aplicativo pelo link http://applink.com.br/app.pts ou direto no Google play disponível para dispositivos Android

Por: Martha Costa, Assessora de Comunicação do Territórios Sustentáveis

Foto: Ariadna Gerrits