Capital Social

Feirantes de Porto Trombetas participam de oficina para elaboração de regimento interno

Whatsapp

Com objetivo de orientar os agricultores feirantes de Porto Trombetas, distrito de Oriximiná, na região da Calha Norte da Amazônia, o Programa Territórios Sustentáveis, por meio do Eixo Capital Social, realizou nos dias 09 e 10 de dezembro oficinas sobre a importância de elaborar o regimento interno como forma de regular o funcionamento da Feira. As oficinas foram realizadas, atendendo as solicitações dos agricultores feirantes, para melhorar a organização da Feira e, com isso, ganhar maior qualidade e eficiência no atendimento e uso do espaço.  Foram tratados diversos assuntos, incluindo critérios de admissão, sistema de rodízios entre os agricultores feirantes, destinação de resíduos, parcerias, formas de participação e  prestação de contas, além de iniciativas de engajamento social e ambiental.

Segundo o consultor do Territórios Sustentáveis, Rosival Dias, a metodologia aplicada durante a capacitação permitiu ouvir as reais demandas dos feirantes. A dinâmica de elaboração do regimento interno da Feira de Porto Trombetas partiu de temas e perguntas geradoras de debates para incentivar a participação ativa dos feirantes. Essa dinâmica foi seguida pela metodologia world café (roda-roda, como é mais popularmente conhecido) para que todos pudessem contribuir com ideias e propostas”.

Durante as Oficinas foram discutidos com os feirantes os principais temas para a elaboração do regimento interno, e para tratar de cada temática foram organizados pequenos grupos de trabalho. A partir desta primeira  capacitação já é possível agendar novas oficinas para avançar na definição  de regras e normas que atendam as necessidades dos feirantes de Porto Trombetas. 

Segundo a coordenadora de campo do eixo Capital Social, Renata Freire, este é o primeiro passo para consolidação dos direitos dos associados.  "o processo de construção coletiva do  regimento interno da Feira de Porto Trombetas permite estabelecer regras, a partir de entendimentos comuns e  acordos sobre diversos temas relevantes, como a qualidade dos produtos e serviços, padronização das barracas, definição de responsabilidades, calendários de oferta de produtos, formas de gestão e administração. Este foi o primeiro passo  para garantir um mecanismo de controle e organização do espaço da Feira de Trombetas, cuja reforma deverá ser inaugurada no início do ano que vem". 

O Programa Territórios Sustentáveis é uma iniciativa da Agenda Publica, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte e que atua nos eixos Capital Social, Quilombolas, Gestão Pública, Gestão Ambiental e Desenvolvimento Social nos municípios de Faro, Terra Santa e Oriximiná

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis visite também o nosso site www.territóriossustentaveis.org.br ou baixe o nosso aplicativo pelo link http://applink.com.br/app.pts ou direto no Google play disponível para dispositivos Android e IOS

Por: Martha Costa

Foto: Equipe de Campo