Capital Social

Semma e Recicla Orixi unem esforços e transformam lixo em luxo e geração de renda

Whatsapp

“De lixo vira luxo e do luxo geração de renda” a fala é do professor Miguel Ângelo Canto, da Unidade Integrada de Defesa Ambiental (Unida de Oriximiná) que em uma ação integrada com as Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Mineração (Semma), Administração (Semad), Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema), em parceria com as Escolas Públicas Municipais e Estaduais e Escola Estadual Tecnológica do Pará (EETEPA), Mineração Rio do Norte e Programa Territórios Sustentáveis (PTS) realizou o Projeto Natal Sustentável, que em quatro meses arrecadou mais de 25 mil garrafas pet.

No lugar do lixo descartado incorretamente a Semma construiu uma árvore com 12 metros de altura situada no lago da Praça Centenário, um dos principais cartões postais da cidade.  O projeto que nasceu como uma ideia ainda em agosto ganhou corpo a partir da adesão popular. “Uma das linhas de ações que se teve destaque foi coleta das garrafas pet, que foi desenvolvido junto as escolas e bairros do município em parceria direta com a Recicla Orixi que será beneficiada diretamente com a ação uma vez que todo esse material será doado a recicla Oriximiná”, citou o secretario Ronaldison Farias.

De acordo com o secretário as 25 mil garrafas pet arrecadadas no projeto serão doadas a Recicla Orixi, que já possui destinação certa para o material coletado nas ruas e residências de Oriximiná. “Já temos a venda de 2 mil garrafas para um projeto de piscicultura que será transformada em flutuante, e a proposta de trabalhar cursos e oficinas para geração de renda a partir da produção de produtos da garrafa pet, além da venda da garrafa prensada, então o objetivo do projeto é despertar na população essa consciência de que o que descarte incorreto dos resíduos sólidos prejudica o meio ambiente mas, o descarte pensado de forma sustentável  gera renda para os nossos catadores de Oriximiná”, enfatizou o secretário.

A iniciativa do Governo foi pensada ainda em junho quando deu início o projeto EcoCírio, com a implantação dos Pontos de Entrega voluntária, as PEV’s hoje localizadas nas praças de Santo Antônio e Centenário. “Os programas de Educação Ambiental fazem parte do Plano Diretor do Município, no que tange ao Meio Ambiente no capítulo três no artigo 45 e inciso VII e estamos trabalhando justamente para colocar em prática o que já foi aprovado pela Câmara e sancionado pelo município em julho de 2017”, ressaltou o prefeito Ludugero Tavares.

O próximo passo a partir da doação das garrafas pet é a capacitação da Recicla Orixi para transformar as garrafas em recurso financeiro obedecendo o Programa Orixi Sustentável, que trata sobre o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Urbanos de Oriximiná que teve a primeira audiência pública em 05 de dezembro e que já está em fase de implementação e conta com a participação da Sedop, Semma, Semdurb, Recicla Orixi e Programa Territórios Sustentáveis, que conta com apoio da Mineração Rio do Norte (MRN) e Agencia dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

Por: Martha Costa - Assessora de Comunicação Ecam

Jornalista DRT 2974/PA